Japan Rail Pass

Por:
//
11 setembro, 2015

O Japan Rail Pass (também comumente chamado JR Pass) é um passe de trem muito vantajoso para viagens de trem-bala pelo Japão. Ele pode ser usado só  por turistas estrangeiros e oferece uso ilimitado de  para 7, 14 ou 21 dias a um custo que residentes no Japão nem sonham em pagar.

O Japan Rail Pass devem ser comprados antes da sua chegada ao Japão, porque ele não está disponível para venda dentro Japão.

A passagem vem em dois tipos: carro comum e verde. Os carros verdes ( de primeira classe ) que oferecem assentos mais espaçosos do que vagões comuns.

 

O passe é válido em quase todos os trens operados na rede nacional de JR (Japan Railways), incluindo shinkansen, expresso limitado, expresso, rápido e trens locais.

Captura de Tela 2015-09-11 às 17.28.43

Abaixo está um mapa que mostra as principais linhas de trem que podem ser usados ​​com o passe.

4 de fevereiro de 2005. Se você quer viajar um pouquinho pelo Japão, o Japan Rail Pass é um excelente investimento. Por US$ 350 (praticamente o preço de uma passagem Tóquio-Kyoto ida e volta), você tem direito a 7 dias de viagens ilimitadas pelos trens da Japan Rail (JR — ou “Djêi Ár”, em japonês).

Mesmo enquanto você ainda está em Tóquio, você pode usar o passe para fazer passeios aos arredores – por exemplo, a Nikko (templos, macaquinhos) e a Odawara (onde você compra outro passe para ir a Hakone e ver o Monte Fuji). E não só isso: o passe dá direito à Linha Yamanote, o trem metropolitano que é a maior mão-na-roda para você se deslocar por Tóquio. (Nas linhas do metrô convencional, no entanto, você vai precisar comprar passagem.)

Nenhum passe de trem europeu entrega tanto por tão puco.

Mas o  bacana do passe da JR talvez não é só a economia. É que, com ele na mão, você não entra pela “roleta”, como os outros mortais – você vai pelo ladinho das catracas magnéticas, mostra o passe para o chefe da estação conferir a data, e pronto: arigató gozaimashté, é só passar. Você está no país mais igualitário do mundo, mas basta aparecer uma catraca que você vira VIP.

Captura de Tela 2015-09-11 às 17.28.25

O passe só está à venda fora do Japão, por vendedores credenciados (agente de viagem).

Dá para reservar assento sem pagar nenhum suplemento: basta se dirigir a um guichê específico do JR Pass, onde você é muito bem atendido em inglês . Pesquise horários neste site aqui.

A única desvantagem do JR Pass é que você precisa andar o tempo todo com o seu passaporte — que pode ser pedido a qualquer momento pelo chefe de estação para ver se o passe é seu mesmo. Em seis dias, ninguém pediu o nosso. Mas foi bom para ter a sensação de andar por aí com o passaporte no bolso, sem ter absolutamente nenhum receio de ser assaltado.

*O valor em yen do passe de 7 dias continua o mesmo há anos : 28.300 yens; a diferença em dólar é por conta da valoriação da moeda japonesa.

O JPRAIL PASS TBM É VÁLIDO para
-Tokyo Monorail de / para o Aeroporto de Haneda e Narita
-JR Ferry para Miyajima
-JR ônibus locais

 

O Japan Rail Pass não é válido ou requer uma taxa suplementar no caso de as seguintes exceções:

Linha de trem  Nozomi, a categoria mais rápida ao longo do Tokaido / Sanyo Shinkansen não é coberto pela Japan Rail Pass. No entanto, os portadores de passes pode usar trens Hikari ao longo da mesma linha, que param em mais algumas paragens do que trens Nozomi e são ligeiramente mais lento e menos freqüente do que Nozomi . Os portadores de passe utilizando uma Nozomi terá que pagar a tarifa completa.

 

 

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Facebook

Instagram