Butão – O reino perdido

Por:
//
16 novembro, 2016

gypsy_travel-butao-1

Butão é um país, pequeno reino do Himalaia, localizado entre a China e a Índia, na Ásia. Esse é um dos únicos destinos do mundo que tem uma cultura única e protegida, o último reino budista, um dos lugares com maior biodiversidade e democracia pacífica.

gypsy_travel-butao-2

gypsy_travel gypsy_travel

Cidades turísticas em Butão:

Paro – que é a porta de entrada do país.

gypsy_travel gypsy_travel

 

Thimphu

gypsy_travel gypsy_travel

Punakha

gypsy_travel gypsy_travel

Gangtey

gypsy_travelgypsy_travel

Como chegar

De avião

Não tem vôos que vão do Brasil para o Butão. Para chegar em Paro – que é a única cidade com aeroporto no país -, é preciso fazer conexão em Bankoc (Tailândia) ou em Nova Déli (Índia).

A Drukair – companhia aérea que leva até o Butão – também mantém vôos regulares que saem de Kathmandu (Nepal), Dhaka (Bangladesh), Gaya e Calcutá (Índia).

Paro International Airport

Nemeyzampa, Paro, Bhutan

Tel: 975 (8) 271856 / 271423

A melhor época para ir

Os melhores meses para visitar o país são os meses de outubro a maio, durante esse período acontecem alguns festivais de máscaras e danças.

Onde ficar

Todas as cidades que estão conectadas por rodovias têm hotéis, mas as melhores hospedagens são as localizadas nas cidades turísticas e os estabelecimentos cinco estrelas.

Gastronomia

A comida do Butão é simples e baseada em pratos com arroz montanhês, batatas, pimenta, queijo e peixe de água doce. Diferente das servidas nos hotéis e resorts de luxo do país. Os butaneses comem arroz e batatas até mesmo pela manhã.

Os pratos populares são: “emadatshi” (queijo branco com pimenta), “sikam pa” (carne de porco seca), “shakam pa” (carne de boi seca) e batatas ao curry – influência da culinária indiana.

Passeios

Butão é considerado um museu a céu aberto. Passeios pelo local e seus distritos revelam prédios de arquitetura extremamente diferente do mundo ocidental, as pessoas se vestem como nos tempos medievais, contém um artesanato rico e uma cultura totalmente voltada à filosofia budista e à preservação das tradições butanesas. Entre os principais pontos turísticos estão o museu e a biblioteca nacionais, a escola de arte de Thimphu, o museu têxtil, os fortes, centros administrativos, templos e monastérios seculares.

Segundo o Departamento de Turismo do Butão, o país tem aproximadamente 2.000 templos e monastérios budistas tombados pelo governo.

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Facebook

Instagram